Logo ETFs BrasilLogo ETFs Brasil
Sobre o ETFs Brasil
Ícone de semicírculoAtivo

Conheça todos os ativos disponíveis

NASD11

Nome do fundo
TREND ETF NASDAQ 100 FUNDO DE INVESTIMENTO DE ÍNDICE – INVESTIMENTO NO EXTERIOR
571,56
Patrimônio líquido
(R$ MM)
0,50%
Taxa de administração total
R$ 24,89 (R$ MM)
Negociação diária média
28.291
Número de cotistas

O NASD11 replica o desempenho do índice Nasdaq 100, calculado pela Nasdaq, que acompanha o retorno das 100 maiores empresas de tecnologia negociadas na Nasdaq Stock Market. Para composição da carteira são selecionadas empresas nacionais e internacionais e observados critérios de capitalização de mercado.

Lançamento
21/05/2021
CNPJ
35.578.672/0001-63
Gestor
XP Allocation Asset Management Ltda.
Administrador
Banco BNP Paribas Brasil S.A.
Tipo de ativo
ETF
Taxa de administração primária
0,30%
Taxa de administração secundária
0,20%
Índice
Nasdaq 100
Provedor do índice
Nasdaq
Região
EUA
% limite do PL para empréstimo
90,00%
Captação líquida 30 dias
R$ 119.243.222,00

Conheça tudo sobre o NASD11

Gráficos, cotações, o índice e muito mais

O NASD11 é um ETF que replica o índice Nasdaq-100, composto pelas 100 maiores empresas não financeiras listadas na Nasdaq Stock Market. Este ETF listado no Brasil investe 95% do seu patrimônio em cotas do QQQ, um dos mais conhecidos ETFs dos EUA.

ETF da Nasdaq?

O QQQ é um ETF americano que acompanha o índice Nasdaq-100.

É muito comum assumir que o QQQ é um índice de tecnologia, pois sua carteira é composta principalmente por empresas do setor. Entretanto, a carteira também inclui empresas de setores de consumo discricionário, saúde, indústria e outros com menor peso.

Conheça o índice Nasdaq 100, seguido pelo QQQ e pelo NASD11.

O índice segue critérios de ponderação por capitalização de mercado. Isso significa que cada empresa é representada na carteira por seu tamanho.

Os tipos de ativos elegíveis incluem ADRs (American Depositary Receipts), ações comuns, ordinárias e negociáveis. Empresas organizadas como REITs (Real Estate Investment Trusts) não são elegíveis para inclusão no índice.

Para elegibilidade de liquidez, cada ativo precisa ter um volume médio diário de negociação de 200.000 ações nos últimos 3 meses.

O "XP Nasdaq" - ETF NASD11

Administrado e custodiado pelo Banco BNP Paribas, o NASD11 é gerido pela XP Asset Management.

O ETF cobra uma taxa de administração total de 0,50%. Isso porque 0,30% é a taxa de administração do ETF aqui e 0,20% é a taxa do QQQ (quase 100% da alocação).

O nome oficial do fundo é Trend ETF NASDAQ 100 Fundo de Investimento de Índice – Investimento no Exterior e seu CNPJ 35.578.672/0001-63.

Lançado em maio de 2021, o NASD11 apresenta movimentações de mercado similares às do índice de referência. O fundo é acessível a qualquer investidor e sua cota está sendo negociada por pouco mais de R$ 14 na data de publicação deste artigo.

Existem outros ETFs parecidos?

Atualmente, o NASD11 é o único ETF brasileiro que acompanha o índice da Nasdaq. No entanto, existem outros ETFs que acompanham empresas de tecnologia dos EUA.

Os ETFs USTK11 e UTEC11 ambos replicam o desempenho do índice MSCI US IMI Technology 25/50 Index. Esse índice acompanha o desempenho de empresas dos Estados Unidos que atuam no setor e tecnologia da informação.

O MSCI US IMI Tech 25/50 recebe esse nome devido a duas regras características em sua metodologia de cálculo. A primeira regra diz que nenhum emissor pode ter peso maior que 25% na carteira. A outra regra estabelece que os emissores com peso acima de 5% não podem exceder 50% do peso do índice.

O USTK11 é gerido pela Investo e o UTEC11 é gerido pela XP, ambos os ativos são administrados pelo BNP Paribas.

Nos últimos 12 meses, até o final de maio, esses 3 ETFs obtiveram retornos similares. O NASD11 obteve retorno de 35% enquanto os outros dois tiveram retornos de 33%.

Um dos métodos mais utilizados no mercado para medição de risco de um ativo é através da análise de seu desvio padrão. O desvio padrão é a medida estatística de volatilidade da cotação de um ativo. Essa métrica indica o quão dispersos os preços do ativo estão em relação ao seu preço médio.

Os ETFs tiveram desvios padrões comparáveis durante os últimos 12 meses que antecederam o final de maio. O USTK11 encerrou o período com maior desvio entre os 3 ativos, de 19,2%. O UTEC11 ficou em segundo lugar, com um DP de 18,14%. Por fim, o NASD11 se mostrou menos volátil nessa janela de tempo, com um DP de 16,0%.

Cotação dos ETFs desde maio de 2022 até maio de 2024 (base 100)

O ETFs Brasil possui uma plataforma para comparação de ETFs, BDRs, FIIs, índices e fundos. Confira uma comparação desses ETFs neste link e analise indicadores como PL, drawdown, cotações, spread e muitos outros.

Uma outra alternativa para aqueles interessados em empresas de tecnologia dos EUA, é o BDR BQTC39. Esse BDR representa as cotas do fundo First Trust NASDAQ-100-Technology Sector Index Fund (QTEC). O objetivo do fundo é acompanhar o NASDAQ-100-Technology Sector Index, que é similar ao Nasdaq-100, porém ajustado para acompanhar apenas as empresas do setor de tecnologia.

O BQTC39 teve retornos ainda maiores que o NASD11 nos últimos 12 meses até o final de maio, com rendimento de 40,8%. No entanto, cabe destacar que sua volatilidade também foi maior na mesma janela de tempo, apresentando um desvio padrão de 22,6%.

Comportamento do Nasdaq-100 vs. S&P500

O IVVB pode ser utilizado para comparação entre o NASD11 e as maiores empresas da bolsa americana. Esse ETF é gerido pela BlackRock e acompanha o índice do S&P500, calculado pela S&P Dow Jones.

Uma comparação entre o NASD11 e o IVVB11 elaborada no ETFsBrasil traz informações sobre o comportamento entre os dois índices.

No primeiro ano após seu lançamento, o NASD11 obteve rendimento de -22,5%. O S&P500 também sofreu queda nesse período, resultando em um retorno do IVVB11 de -13,7%.

Nos últimos 12 meses o NASD11 obteve um retorno de 34,7% enquanto o IVVB11 retornou 32,1%.

No último ano, o NASD11 obteve desvio padrão superior ao IVVB11. O desvio de 16,27% do NASD11 em relação aos 12,33% do IVVB11 demonstra maior volatilidade por parte do ETF da XP.

Cotação dos ETFs da Nasdaq vs S&P de maio de 2021 até maio de 2024 (base 100)

Como usar o Nasdaq índice para compor seu portfólio

Muito utilizado como um fator de exposição a empresas de tecnologia e crescimento, o QQQ é um dos maiores ETFs do mundo.

Para quem deseja dolarizar parte do portfólio, o investimento expõe a variações na taxa de câmbio entre real e dólar.

Além disso, ao investir no NASD11, o investidor passa a estar diretamente exposto a conjuntura econômica e geopolítica dos EUA.

Investidores podem considerar o NASD11 como parte de uma alocação diversificada, que inclua ativos de diferentes setores, mercados e geografias.

Os principais riscos do NASD11

A elevada concentração da carteira do NASD11 em empresas de tecnologia expõe os investidores a uma volatilidade significativa específica do setor.

Além disso, os investimentos no exterior trazem o risco cambial das variações das moedas.

Isso faz com que o NASD11 seja mais adequado para investidores com tolerância ao risco e horizonte de investimento de longo prazo.

É importante notar que o ETF não realiza pagamento de dividendos, optando por reinvestir todos seus retornos.

NASD11 ou Trend Nasdaq 100 FIM?

Para aqueles que preferem investir na Nasdaq de forma mais tradicional, existe também a possibilidade de investir via um fundo de investimento multimercado da XP. O Trend Nasdaq 100 FIM, investe 80% de sua carteira no NASD11. A maior parte do restante é investido em fundos de renda fixa e letras do tesouro.

Esse FIM cobra uma taxa de administração maior que a taxa cobrada pelo ETF (0,70%) e obteve um retorno de 1 ponto percentual abaixo do ETF nos últimos 12 meses.

Em outras palavras, o investidor se beneficia ao investir diretamente no ETF, pois está investindo de forma mais direta em ativos similares enquanto paga um custo menor.

Ícone de semicírculo
Rentabilidade

Ícone de semicírculo
Retornos Mensais

JanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
20243,6%5,6%2,1%-1,2%7,8%10,0%30,8%
IVVB113,5%5,4%4,1%-0,5%5,9%7,3%28,4%
Dif.0,1%0,1%-2,0%-0,6%1,9%2,7%2,4%
20236,2%2,7%6,0%-1,1%9,4%0,5%2,5%3,1%-3,7%-1,8%8,1%4,5%41,8%
IVVB111,4%0,5%0,2%0,0%1,5%0,9%1,9%3,3%-3,6%-2,0%6,7%3,2%14,5%
Dif.4,8%2,2%5,8%-1,1%7,9%-0,4%0,5%-0,2%-0,2%0,2%1,4%1,3%27,3%
2022-13,7%-7,5%-3,0%-10,3%-5,3%0,2%11,0%-4,5%-7,2%-0,6%6,1%-7,5%-36,8%
IVVB11-11,3%-5,7%-4,0%-4,9%-4,3%1,0%8,2%-3,6%-5,5%3,2%5,9%-3,5%-23,4%
Dif.-2,4%-1,7%1,0%-5,4%-1,0%-0,8%2,7%-0,9%-1,7%-3,8%0,2%-3,9%-13,4%

O retorno do benchmark é relativo ao período de negociação do ativo de forma a torná-los comparáveis.

Ícone de semicírculo
Carteira

Referência: Mai/2024
Ativos% do PLGráfico
900013299,97%
BNP Paribas Soberano II FIC FI RF Simples0,05%
Outros-0,02%

Ícone de semicírculo
Métricas de Risco/Retorno

No ano12 mesesÚltimos 3 anos
Desvio Padrão16,06%16,08%24,13%
Índice Sharpe4,092,280,15
Retorno30,80%51,62%51,62%
Max. Drawdown-41,47%
Data Max. Drawdown04/11/2022
Tempo de recuperação (dias)557

Ícone de semicírculo
Spread entre o preço de fechamento e o valor patrimonial da cota

Ícone de semicírculo
Drawdown

Ícone de semicírculo
Evolução do PL

Ícone de semicírculo
Número de Cotistas

Nenhuma informação contida nesta página se caracteriza como uma oferta, recomendação de compra, venda ou manutenção de nenhum instrumento financeiro e de nenhuma plataforma de negociação. Além disso, nenhuma informação relativa a índices ou qualquer outra informação disponibilizada constitui qualquer tipo de consultoria ou análise financeira. Nem o ETFs Brasil, nem suas empresas relacionadas ou qualquer colaborador ou sócio das empresas possuem qualquer tipo de responsabilidade por perdas ou danos incorridos pelo usuário devido a qualquer informação contida nesta página.

Ícone de semicírculo
Comentários

Assine a newsletter do ETFs Brasil

Preencha o formulário para receber estudos e novidades.